Avançar para o conteúdo

natureza

Por entre a neblina, sigo o caminho de sempre

Sigo o caminho de sempre, o caminho de outrora e dos dias que hão-de vir. Imagino quantas mulheres terão pisado estes campos, antes de mim, e alimentado a alma a cada manhã com o aroma da mesma terra, inspirando a neblina do mondego que cobre o vale de frescura para se dissipar a meio da manhã.