Avançar para o conteúdo

Setembro 2022

Por entre a neblina, sigo o caminho de sempre

Sigo o caminho de sempre, o caminho de outrora e dos dias que hão-de vir. Imagino quantas mulheres terão pisado estes campos, antes de mim, e alimentado a alma a cada manhã com o aroma da mesma terra, inspirando a neblina do mondego que cobre o vale de frescura para se dissipar a meio da manhã.

Fiz 40… no domingo passado

Fiz 40 no domingo passado. Foi um dia solarengo e tranquilo, passado na frescura das margens do Rio Ceira com família e direito a mergulhos e piquenique.

Há uns anos criei o hábito de escrever uma carta para mim – a “Eu do ano seguinte” agradecendo as coisas boas do ano que passou – mas que é na realidade o próximo ano que ainda não aconteceu – É um bom exercício de visualização/ manifestação.